quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Publicidade para crianças - proibir ou regular?

Mesmo no deserto que se tornou a Câmara de Deputados e o Senado neste período de eleições, alguns debates ocorrem, incluindo sobre os direitos da infância, entre os poucos parlamentares presentes. Exemplo disso é a discussão do projeto de lei que quer proibir a propaganda para crianças menores de 12 anos de idade. Surpreendentemente o coordenador da Frente Parlamentar pela Infância possicionou-se pela regulamentação. Já o deputado autor da proposta se alinha a um grupo de organizações da sociedade civil que quer a proibição total. Há ainda a relatora das propostas na Comissão de Seguridade e Família da Câmara que quer proibir a propaganda apenas entre 8 e 18 horas. Na falta de consenso e na lentidão legislativa, crianças continuam sendo bombardeadas por imagens. apelos e demandas de consumo cujo resultado é o desenvolvimento de um sentimento de frustração para quem não pode obter nada e a incapacidade de tomar decisões para quem pode ter tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário