quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Brasil perde na adolescência as crianças salvas da mortalidade infantil



De 1998 a 2008, a queda da mortalidade infantil evitou mais de 200 mil óbitos. O que poderia ser comemorado como um grande avanço vira uma tragédia quando observamos que as crianças superam o primeiro obstáculo da vida que é vencer as taxas de mortalidade infantil para morrer na adolescência em função da violência.

Veja os dados na tabela do IBGE.






Nenhum comentário:

Postar um comentário