quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Arte no Senado

O quadro ao lado entitula-se: "Em terra de cego, quem tem um olho é rei", obra de Carlos Palla.

"O amor é cego", "Não é assim que a banda toca", "Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura". Esses e outros ditos populares inspiraram o artista plástico Carlos Palla a criar telas em acrílico que compõem a maior coleção de arte naïf sobre o tema no mundo. Dezesseis dessas obras podem ser vistas na exposição Falando do Passado no Presente, até 24 de setembro, no Espaço Cultural Ivandro Cunha Lima, no Senado Federal.
Da Agencia Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário