sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Acaba rebelião na Fundação Casa em SP - que ainda é FEBEM

Após pouco mais de quatro horas de negociação, terminou no início da madrugada desta quinta-feira (5) a rebelião de internos da Fundação Casa (antiga Febem) de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. O drama de três funcionários da unidade mantidos reféns desde 20h30 de quarta (4) acabou por volta de 1h. A violência durante o motim deixou quatro feridos leves: dois agentes de segurança e dois adolescentes.
De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, 56 adolescentes se rebeleram, tomaram o prédio e atearam fogo em colchões. Os internos se armaram com pedaços de madeiras arrancados dos móveis da unidade para dominar os funcionários e controlar a unidade.
Equipes da Polícia Militar (PM), da Corregedoria da instituição e seguranças da Fundação Casa estiveram no local, negociando a libertação dos funcionários.
Dos três funcionários libertados, dois agentes deixaram o prédio com ferimentos leves e levados para atendimento médico. Dois adolescentes também se feriram sem gravidade.
De acordo com a assessoria da instituição, não houve truculência dos soldados para encerrar a rebelião.
A assessoria ainda apura as circunstâncias que levaram os internos da unidade da Rua Ministro Hipólito, no Bairro de Cidade Aracília, a se rebelarem.
Duas equipes do Corpo de Bombeiros também permanecem de prontidão no local durante toda a rebelião. No início da ocorrência, os homens da corporação não puderam entrar no prédio, pois colchões haviam sido queimados num pátio. A assessoria informou que o fogo foi extinto provavelmente pelos próprios internos.
Do Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário