quinta-feira, 29 de abril de 2010

Half the Sky

O jornalista do The Times, e colunista do New York Times, Nicholas Kristof, apresentou Half The Sky, seu mais recente livro que relata histórias de jovens mulheres que apesar de toda discriminação de gênero conseguiram superar as desigualdades e mudaram suas vidas e de suas comunidades. O livro surgiu de sua experiência no Sudão e na China quando percebeu que a maioria das meninas que deixavam a escola o faziam para trabalhar e por não ter recursos para pagar as taxas escolares. A partir de então começou a preocupar-se com a questão da adolescentes meninas. Para ele a questão do século XIX foi a escravidão; do século XX foi o totalitarismo; e a questão de nosso século é a questão da inequidade de gênero. O jornalista destacou que em um evento dos países árabes com Bill Gates ele ouviu uma frase que o ajudou a compor melhor sua reflexão. Os árabes perguntaram a Bill Gates se eles poderiam chegar a ser um país de ponta na tecnologia e ele respondeu: “qualquer país que deixa de aproveitar 50% de suas capacidades não poderá estar entre os melhores” referindo-se ao fato de que em alguns países as meninas não tem acesso a educação.

Embora seu engajamento pessoal venha contribuindo para que o tema seja discutido ele reconhece que a mídia só tem interesse nos temas que tem mais visibilidade e geram um escândalo momentâneo. Citou como exemplo a cobertura das guerras onde as imagens das batalhas são amplamente divulgadas. Entratanto o contexto político, as relações entre os países e os micro contextos não geram interesses. Lembrou que haverá uma guerra no Sudão provavelmente no final deste ano ou no início do ano que vem e ninguém parece preocupado com isso. Nem para analisar e noticiar, menos para evitá-la.

De Nova Iorque

Nenhum comentário:

Postar um comentário