quinta-feira, 18 de março de 2010

Crianças sem aula no Chile

Subiu para 840.000 a quantidade de crianças que não puderam começar seu ano escolar no Chile devido à destruição e aos danos causados pelo terremoto nas escolas, informou o ministro da educação, Joaquín Lavín. Ele estimou que os danos ao seu setor alcançam 3 bilhões dos quais 1,6 bi correspondem a escolas municipais e os demais às escolas privadas. O governo mantém a meta de ter em pleno funcionamento a todos os estabelecimentos de ensino até o dia 26 de abril e reconhece que para isso serão necessárias muitas medidas de urgência.

El Nuevo Herald

Nenhum comentário:

Postar um comentário