quinta-feira, 4 de março de 2010

Consequências da guerra

Médicos da cidade de Faluya (no Iraque), afirmaram a jornalistas da BBC que foi registrado um alarmante número de crianças que nascem com deficiências físicas.
Um dos médicos estrevistados pelo jornalista John Simpson da BBC, observa dois ou três casos desta situação diariamente.
Os habitantes de Faluya acreditam que o problema se deve às armas utilizadas em 2004 quando naquela cidade ocorreram violentos enfrentamentos assim que as forças dos Estados Unidos reprimiram os levantamentos.
O cirurgião e pediatra britânico David Halpin acredita que há indícios suficientes para pedir uma investigação e já solicitou às Nações Unidas.
"Desde que utilizaram uranio degradado no Iraque, Afeganistão e Kosovo, este tipo de efeitos malignos foram relatados. É lógico pensar que esta é a fonte mais provável destes casos", disse ele à BBC.
Quando se argumentou que se trata de uma prova circunstancial, sem uma investigação rigorosa, ele afirmou que “muita gente foi inibida a falar tanto no Iraque qaunto em outros lugares. Porém os efeitos da radiação sobre as células estão sendo estudados desde os anos 40 e há evidência muito substancial sobre os efeitos danosos que produz”, garantiu.

BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário