terça-feira, 9 de março de 2010

Adolescentes sem apoio para estudar e reorganizar a vida

Em Novembro de 2009 parceria envolvendo a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, o Centro de Internação de Adolescentes Granja das Oliveiras – Ciago, a Universidade Católica de Brasília - UCB e o Centro Universitário do Distrito Federal - UDF garantiram a inscrição de adolescentes e jovens do Ciago no vestibular, com a expectativa de que se fossem aprovados ingressariam como alunos bolsistas.

Na época, 17 jovens fizeram a prova e destes, 10 foram aprovados, quatro para o curso de ciência da computação, três para educação física, dois para direito e um para enfermagem. Essa tinha sido a primeira vez que internos do sistema socioeducativo participavam de um concurso. No entanto, até o presente momento, os adolescentes e jovens não estão sequer matriculados, embora o ano letivo já tenha iniciado.

A informação passada pelas mães dos internos é de que entraves no procedimento para garantir as bolsas de estudo tem inviabilizado a matricula regular dos meninos. Nem o Governo do Distrito Federal - GDF, que possui política pública específica para garantia de bolsas de estudo, nem as Universidades viabilizaram a solução do problema até agora. Enquanto isso sofrem os adolescentes, jovens e suas famílias, que sonhavam com a universidade dentro do processo de socioeducação a que foram submetidos.

Destacam-se as conseqüências negativas da não concretização desse processo. Além de a política pública socioeducativa cair em descrédito perante a sociedade e os demais internos, será mais uma frustração para a vida desses meninos. Como imaginar que é possível superar a prática de infrações quando as portas se fecham sempre que se busca um novo caminho?

As mazelas do sistema socioeducativo do DF todos nós conhecemos, muitas vidas ainda são perdidas por sua ineficiência. Não é possível que uma iniciativa bem sucedida deixe de dar bons frutos por falta de prioridade e decisão política dos envolvidos.



Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Distrito Federal – CEDECA DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário