terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Haiti ainda em emergência

Os informes gerados pelas organizações das Nações Unidas no Haiti revelam que ainda há muito que fazer e que necessitam de muita ajuda.

As prioridades ainda são material para abrigo das pessoas e melhoria das condições sanitários dos assentamentos temporários.

Cerca de 270 mil pessoas estão em abrigos emergenciais.

Enquanto há um decréscimo nos ferimentos traumáticos aumenta as doenças infecciosas.

Já se alcançou 1,1 milhões de pessoas em Porto Príncipe com a distribuição de arroz para duas semanas.

A segurança alimentar da população fora da capital e na fronteira com a República Dominicana está ficando pior em função do alto fluxo de pessoas e a demanda por alimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário