terça-feira, 17 de novembro de 2009

Nobel da Paz fala contra o pensamento único

O prêmio nobel da paz, Adolfo Peres Ezquivel participou hoje pela manhã de ato público no Senado Federal para o lançamento do dia mundial de oração e ação pelas crianças. Em sua mensagem comparou o pensamento único que vê o capitalismo predominante hoje como único caminho para a humanidade com a monocultura que acaba com a biodiversidade, esgota o solo, prejudica a sustentabilidade do planeta. Assim como na agricultura quem garante que o país tenha alimentos de diferentes tipos é a agricultura familiar, a roça comunitária e os agricultores alternativos, na ideologia e na cultura é preciso que dar voz às diferentes religiões, aos grupos organizados contra o racismo e a discriminação, à luta pela justiça social. São estes grupos que vão criar o novo aperfeiçoando as heranças culturais recebidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário