quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Está bom mas poderia ser melhor

Para três leitores que enviaram mensagem questionando a simples postagem de matérias oficiais e solicitando minha opinião aqui vão algumas reflexões:

Quanto aos dados do Ministério da Saúde informando a redução da gravidez na adolescência e atribuindo-a às políticas de saúde, trata-se de uma visão limitada sobre a questão. A entrada do tema da adolescência na agenda pública, a melhoria da escolaridade dos adolescentes, a ampliação do debate da questão da sexualidade, a evolução demográfica desta faixa da população nos últimos 10 anos e a ampliação do acesso a novas fontes de informação e tecnologias, são elementos que precisam ser considerados.

Quanto aos dados do INEP/MEC, são dados censitários que ainda precisam ser revisados. O fato de o número total de alunos matriculados ser inferior ao ano anterior gerou por parte do INEP uma explicação sobre a inconsistência de informações prestadas. Embora a explicação faça sentido, o fato de não ter havido um aumento deve ser considerado um resultado negativo pois o país precisa avançar com mais velocidade para acabar com o analfabetismo e garantir a educação para todos.

Como o item "comentários" deste blog não tem funcionado regularmente vou disponibilizar meu email para receber dicas, sugestões e comentários: mmmbvolpi@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário